terça-feira, 14 de julho de 2009

«SANTA CATARINA DO MONTE SINAI»


Esta nau portuguesa de 800 tonéis foi um dos maiores e mais poderosos navios do seu tempo. Foi construída nos nossos estaleiros de Cochim, na Índia, em 1512. Estava armada com 140 temíveis peças de artilharia, algo de (quase) inédito nesses tempos. A «Santa Catarina do Monte Sinai» manteve-se, sem interrupção, na carreira das Índias até 1520. No ano de 1521, aquando da sua viagem a Lisboa, foi mandada aparelhar em capitânea da armada que D. Manuel I mandou a Itália para conduzir (em grande pompa) sua filha D. Beatriz ao encontro de Carlos III duque de Sabóia, com quem ia contrair matrimónio. Em 1524 a «Santa Catarina do Monte Sinai» voltou ao Oriente como navio principal da frota que acompanhou D. Vasco da Gama, novo vice-rei da Índia. Um dos grandes feitos militares desta nau está ligado à destruição de Mombaça, quando -na qualidade de nau-capitânea da esquadra de D. Nuno da Cunha- ali fez a demonstração (que a todos surpreendeu) do seu inegualável poder de fogo.

Sem comentários:

Publicar um comentário