quinta-feira, 23 de julho de 2009

«VERA CRUZ»


Paquete português da frota da Companhia Colonial de Navegação. Foi construído na Bélgica -nos estaleiros John Cockerill, de Hoboken- entre 1951 e 1952. Era o irmão gémeo do «Santa Maria», também ele construído pela mesma firma estrangeira. Assegurou, no início da sua carreira, viagens para as Américas, com grande satisfação da sua clientela, que apreciava o conforto e a rapidez oferecidos pelo navio. Durante a sua viagem inaugural, que começou em Lisboa a 20 de Março de 1952 e terminou, em apoteose, no Rio de Janeiro, o «Vera Cruz» teve o almirante Gago Coutinho -pioneiro das viagens aéreas transatlânticas- como passageiro de honra. Nos anos 70 (do passado século) o desenvolvimento das viagens aéreas (mais rápidas e mais baratas) ditaram o fim dos transportes marítimos de passageiros e nem a fusão da C.C.N. (armadora do paquete) com a Companhia Insulana de Navegação pôde salvar o «Vera Cruz» e seus congéneres. As linhas regulares foram abandonadas e o «Vera Cruz» passou a fazer cruzeiros. E também, com o arrastar das guerras coloniais, a transportar tropas portuguesas para África. Em 1973, este outrora prestigioso navio (de 22 000 toneladas), foi enviado para Formosa, onde foi desmantelado.

Sem comentários:

Publicar um comentário