domingo, 26 de julho de 2009

«MISSOURI»


Couraçado da marinha norte-americana da classe 'Iowa'; cujos exemplares, apesar de deslocarem (em plena carga) umas 58 000 toneladas, eram os mais rápidos navios do seu tipo jamais construídos. O «Missouri» foi lançado à água em fins de Janeiro de 1944 e tornou-se operacional em meados de Junho do mesmo ano. Por essa razão, não chegou a distinguir-se nos combates do último conflito generalizado. Foi, no entanto, este poderoso navio o escolhido para receber, a bordo, as delegações oficiais dos Aliados e do império japonês, que assinaram -a 2 de Setembro de 1945- o armistício que punha termo à Segunda Guerra Mundial. O navio encontrava-se, então, fundeado na baía de Tóquio, capital de um país traumatizado pela recente explosão das duas bombas atómicas que destruiram Hiroxima e Nagasáqui. O «Missouri» (que foi o último couraçado a ser construído para a armada dos E.U.A.) ainda foi utilizado militarmente em duas ocasiões : durante a guerra da Coreia (anos 50) e durante a segunda guerra do Golfo, onde chegou a disparar os mísseis de cruzeiro que recebera, anos antes, aquando de uma tardia e inútil modernização. O gigantesco couraçado (270,43 m comprimento por 32,98 m de boca) foi retirado do serviço activo em 1992 e encontra-se, actualmente, ancorado na base de Pearl Harbour (Havai), onde funciona como navio-museu.

Sem comentários:

Publicar um comentário