terça-feira, 14 de julho de 2009

«ESMERALDA»


Navio-escola da armada chilena. Foi construído em Cádiz no início da década de 50, do passado século. Deveria integrar a armada espanhola, onde substituiria o obsoleto «Sebastián de Elcano», operacional desde 1929. Por obscuras razões, acabou por ser vendido à marinha de guerra chilena, que o recebeu oficialmente no seu seio em data de 15 de Junho de 1954. Na sua carreira de mais de meio século, foram formadas a bordo do «Esmeralda» (a Dama Branca, como o navio é popularmente conhecido no Chile) várias gerações de oficiais e de marinheiros. Tem visitado portos do mundo inteiro. Nalguns deles, chegou a ser alvo de manifestações hostis, pelo facto de ter servido -durante o sangrento consulado do general Pinochet- de prisão e de local de torturas aos opositores do regime ditadorial.

Sem comentários:

Publicar um comentário