segunda-feira, 13 de julho de 2009

«GAZELA PRIMEIRO»


Lugre-patacho da nossa frota bacalhoeira. Construído em madeira nos fins do século XIX, o «Gazela Primeiro» chegou a ser o maior de todos os navios portugueses que, anualmente, demandavam os mares da Terra Nova e da Groenlândia. Daí ter sido conhecido, durante certo tempo, pelo apodo de 'Gazelão'. Depois de ter participado em inúmeras campanhas de pesca ao bacalhau, foi retirado do serviço activo em 1969. Três anos mais tarde foi vendido pelo seu armador -a Parceria Geral de Pescarias- ao Museu Marítimo de Filadélfia, que o restaurou e o preservou até aos nossos dias. O «Gazela Primeiro» invernava na seca da Telha (Barreiro) e o seu último capitão português foi António Marques da Silva, que recordou o navio e as suas equipagens no precioso livro «A Memória do Bacalhau - Uma Contribuição para a Sua História».

Sem comentários:

Publicar um comentário