domingo, 16 de agosto de 2009

«VITTORIO VENETO»


Couraçado italiano da classe 'Littorio', lançado à água a 25 de Julho de 1937 em Trieste, pelos Cantieri Riuniti dell'Adriatico. Media 237 metros de comprimento por 32,90 metros de boca e deslocava 45 700 toneladas, em plena carga. Podia navegar à velocidade máxima de 31 nós e o seu raio de acção (a 15 nós) era de 18 500 km. O seu armamento principal compreendia 9 peças de artilharia de 381 mm, 12 de 155 mm, 12 de 90 mm (AA), 20 de 37 mm e 30 de 20 mm. A sua guarnição normal era de 1 800 homens. O «Vittorio Veneto» sofreu várias modificações, até ser dado como apto em 1940. Em Março de 1941, participou na batalha do cabo Matapan contra a 'Royal Navy', sendo gravemente danificado por aviões-torpedeiros 'Swordfish' da guarnição do porta-aviões «Formidable». O «Vittorio Veneto» conseguiu, no entanto, regressar à sua base de Tarento, contrariamente à sua escolta de cruzadores, que foi, toda ela, afundada pela armada britânica. Em Dezembro de 1941, o poderoso couraçado italiano foi, de novo, atingido por um torpedo inimigo, disparado, desta vez, pelo submarino «Urge»; e ficou fora de combate durante três meses. Em 1943, aquando do volta-face italiano, o «Vittorio Veneto» e a sua guarnição entregaram-se às forças britânicas estacionadas na ilha de Malta. Dali seguiu para o Egipto, mantendo-se inactivo no Grande Lago Amargo (canal de Suez) até 1948. Ano em que se procedeu ao seu desmantelamento.

Sem comentários:

Publicar um comentário