domingo, 16 de agosto de 2009

«MOÇAMBIQUE»


Paquete português da frota da Companhia Nacional de Navegação. Foi construído em 1949 nos estaleiros britãnicos da firma Swan, Hunter & Wigham Richardson, de Newcastle-on-Tyne. Media 167 metros de comprimento por 20,50 metros de boca e deslocava cerca de 13 000 toneladas. Os seus 2 motores diesel, de 6 cilindros cada um, facultavam ao «Moçambique» uma velocidade de cruzeiro da ordem dos 17 nós. O navio funcionava com 213 membros de equipagem e podia receber a bordo 749 passageiros, distribuídos por cinco classes distintas : luxo, 1ª, 2ª, 3ª e 3ª suplementar. O paquete esteve colocado na linha de África até 1972, ano em que foi desactivado. Este navio não deixaria grandes recordações, se não tivesse sido com ele e com os seus passageiros que nos chegou, em 1957, proveniente do continente negro, a malfadada gripe asiática; que contaminaria Lisboa e, logo a seguir, o resto do país.

Sem comentários:

Publicar um comentário