quinta-feira, 6 de agosto de 2009

«INVINCIBLE»


O «Invincible», lançado à água em 1908, era o primeiro navio de uma classe que, inevitavelmente, recebeu o seu nome. Era um cruzador de batalha no qual se descurou, voluntariamente, a blindagem, a fim de lhe conceder mais velocidade e maior capacidade manobreira. Essa escolha revelou-se desastrosa, já que a falta de uma couraça conveniente (sobretudo na zona envolvente dos paióis) ditou a sua perda. Tal facto ocorreu aquando da batalha naval da Jutlândia (31 de Maio/1 de Junho de 1916), disputada entre os navios da chamada 'Grand Fleet' e a armada alemã. Durante esse confronto, o «Invincible» foi pelos ares (assim como meia dúzia de outros grandes navios da armada britânica) provocando a morte de centenas dos seus tripulantes, entre os quais se encontrava o almirante H. L. A. Hood. O «Invincible» deslocava mais de 20 400 toneladas, media 175,50 m de comprimento por 23,90 m de boca e podia atingir a velocidade de 25 nós. Estava armado com 8 canhões de 305 mm e com 16 outras peças de artilharia de 102 mm.

Sem comentários:

Publicar um comentário