quinta-feira, 6 de agosto de 2009

«HUNLEY»


Inventado por Horace L. Hunley, este submarino -um dos primeiros da História- foi lançado à água pela armada confederada em Julho de 1863, com a esperança de que ele pudesse ajudar a romper o bloqueio feito aos portos sulistas pelos federais; bloqueio que, pouco a pouco, ia asfixiando a economia dos separatistas e tornando cada dia mais improvável a criação de uma nova nação na América do norte, livre da tutela de Washington. A primeira experiência de imersão deste submarino, realizada no curso do rio Cooper, foi desastrosa, já que culminou com o naufrágio do navio e com a morte de todos os seus ocupantes. Recuperado pela marinha de guerra da Confederação e com uma nova equipagem, chefiada pelo tenente George Dixon (do 21º Regimento de Voluntários do Estado do Alabama), o «Hunley» prosseguiu, com algum sucesso, as suas manobras, incluindo as experiências de mergulho. Na noite de 17 de Fevereiro de 1864, o submarino sulista lançou-se, enfim, contra o alvo designado : o navio USS «Housatonic» (fundeado na baía de Charleston), conseguindo fixar-lhe no casco um engenho explosivo 'Singer', longínquo antepassado dos torpedos. Descoberto aquando das manobras de aproximação, o «Hunley» foi alvejado pela tripulação do navio inimigo, antes deste soçobrar devido à explosão ocasionada pelo submarino. Que acabou, também ele, por se afundar, por causa, segundo se pensa, da violentíssima onda de choque provocada pelo rebentamento do 'singer'. Uma nova etapa da guerra naval fora tragicamente ultrapassada nessa memorável noite, durante a qual agressor e agredido acabaram por sucumbir. A carcaça do «Hunley» foi recuperada no ano 2000 por uma equipa de cientistas do Instituto de Arqueologia e de Antropologia da Carolina do Sul; e tem, desde então, sido alvo de inúmeros e variados estudos.

Sem comentários:

Publicar um comentário