quinta-feira, 6 de agosto de 2009

«VANGUARD»


Couraçado britânico projectado em 1940, no quadro do Plano de Guerra de Emergência. A sua construção prolongou-se, no entanto, até 1946, facto que o impediu de participar, como previsto, nos combates navais da Segunda Guerra Mundial. Foi o derradeiro navio do seu tipo a ser construído. Em 1947 levou a família real britânica e uma numerosa comitiva até à África do Sul, numa viagem oficial. Entre 1949 e 1951 prestou serviço no mar Mediterrâneo e, posteriormente, passou a fazer parte da reserva naval da NATO. O «Vanguard» deslocava mais de 52 000 toneladas; media 248 metros de comprimento por 33 metros de boca e podia atingir a marca de 30 nós. Navegado a 2/3 dessa velocidade, este couraçado tinha uma autonomia de 16 700 km. Estava poderosamente armado, sendo a sua artilharia principal constituída por 8 canhões de 380 mm e por mais 16 outros de 140 mm. O «Vanguard» foi desarmado e vendido em 1960 a um sucateiro, como banal ferro velho.

Sem comentários:

Publicar um comentário