quinta-feira, 5 de agosto de 2010

«NARVAL»


Lançado à água no ano de 1899 pelo arsenal de Cherburgo (Normandia), o «Narval» foi o primeiro submarino da História a ter uma vida realmente operacional. Concebido pelo engenheiro naval Maxime Laubeuf , o «Narval» media 34 metros de comprimento e deslocava 116 toneladas (200 em imersão). Foi dotado com 2 máquinas : uma a vapor, para a navegação à superfície e um motor eléctrico, para assegurar a navegação submarina. O seu raio de acção era de 500 milhas náuticas. Uma quinzena de homens era necessária para assegurar a sua operacionalidade. A preparação para o mergulho era muito lenta, já que exigia, inicialmente, 25 minutos. Tempo que, com o treino da guarnição e algumas modificações no próprio submersível, passaria para metade. O nome deste pioneiro foi dado, mais tarde, a dois outros submarinos franceses, um construído em 1925 e um outro (designativo de uma ‘classe’ que compreendeu 6 unidades) que surgiu na armada gaulesa em 1954.

Sem comentários:

Publicar um comentário