sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

«CACHEMIRE»


Construído (em ferro e aço) nos estaleiros de La Seyne (França), pela sociedade Forges et Chantiers de la Méditerranée, o «Cachemire» foi lançado ao mar no dia 29 de Dezembro de 1883. Era um paquete misto (vapor/vela) com 3 360 toneladas de arqueação bruta e com 105 metros de comprimento por 12,50 metros de boca. Tinha uma chaminé (situada a meia nau) e dois mastros, que arvoravam pano redondo. Destinado, essencialmente, ao transporte de emigrantes, o «Cachemire» podia receber uns 700 passageiros e transportá-los à velocidade de cruzeiro de 11 nós. Este navio iniciou-se na linha Marselha-Nápoles-Nova Iorque. Fez (até 1894) 14 viagens transatlânticas de ida e volta ao serviço da Compagnie Nationale de Navigation, a sua primeira proprietária. O «Cachemire» foi vendido, em 1902, à casa armadora Paquet, de Marselha, que lhe alterou o nome para «Bithynie» e continuou a utilizá-lo até 1907. Nesse ano, o navio foi julgado obsoleto e vendido como ferro velho a um sucateiro italiano. Foi desmantelado no porto de Génova.

Sem comentários:

Enviar um comentário