quarta-feira, 21 de maio de 2014

«SANTA MARIA»

Nau espanhola do século XV, que foi capitânia da frota que Cristóvão Colombo levou às Antilhas na sua viagem de 1492. É, certamente, um dos navios mais famosos da História das Descobertas. Segundo a tradição, este navio era propriedade de Juan de la Cosa, um marítimo que residia nos arrabaldes de Palos de la Frontera. E que o pilotou aquando da memorável viagem. Era o navio de maior porte da esquadra columbina, deslocando (segundo se pensa) entre 200 e 250 toneladas. O seu comprimento não ultrapassaria os 24 metros e a sua boca andaria pelos 7,40 metros. O seu calado era inferior a 3 metros. A «Santa Maria» (que parece ter-se chamado «Gallega», antes da sua viagem às Américas) arvorava 3 mastros, vestidos com velame redondo e latino. Não usou artilharia, mas alguns dos seus tripulantes dispunham de espingardas, para além de armas mais primitivas, ainda em uso na época da sua odisseia. Acompanhada pelas caravalas «Niña» e «Pinta», este navio zarpou de Palos no dia 3 de Agosto de 1492 e, após um pouco mais de 2 meses de difícil navegação para Oeste (com escala nas Canárias), topou com a ilha de Guanahani (à qual o descobridor chamou São Salvador), nas Antilhas. Depois de um périplo que levou a frota de Colombo até Cuba e Haiti, a «Santa Maria» perdeu-se numa das costas desta última ilha, por encalhe. Alguns dos seus destroços serviram aos súbditos dos Reis Católicos para construir (perto do lugar do naufrágio) o chamado Forte da Natividade. Os outros dois navios regressaram a Espanha -em Março de 1493- para darem a boa nova da descoberta das 'Índias' e para acrescentar, com o seu feito, glória e proveito aos monarcas Isabel de Castela e Fernando de Aragão. No mês de Maio de 2014, a imprensa anunciou que um grupo de investigadores norte-americanos acreditava ter encontrado e identificado os restos do famoso navio. O mundo aguarda confirmação.

1 comentário:

  1. Qual seria a probabilidade de uma nau com calado "inferior a 3 metros" de encalhar num bano que se situa a "15 ou 20 pés" (4,5 metros) de profundidade? É assim impossível que os restos do navio encontrado por Barry Clifford seja a famosa Santa Maria.

    ResponderEliminar