sábado, 10 de maio de 2014

«COSSACK»

Contratorpedeiro britânico da classe 'Tribal'; da qual foram construídas 23 unidades (para a 'Royal Navy', mas também para as armadas do Canadá e da Austrália), entre 1936 e 1945. O «Cossack» foi realizado nos estaleiros navais da firma Vickers-Armstrong, de Newcastle-upon-Tyne, que o lançaram à água no dia 8 de Junho de 1937. Este navio, que só entrou ao serviço no ano seguinte, deslocava 1 870 toneladas (2 520 em plena carga) e media 111,15 metros de comprimento por 11,13 metros de boca. O seu sistema propulsivo desenvolvia uma potência de 44 430 h.p., que lhe asseguravam uma velocidade máxima de 36,2 nós e uma autonomia de 5 700 milhas náuticas, com andamento reduzido a 15 nós. Do seu armamento constavam 8 canhões de 120 mm, reparos quádruplos de metralhadoras, 4 peças AA de 40 mm, tubos lança-torpedos e calhas para arremesso de cargas de profundidade. A sua guarnição era composta por 219 homens, oficiais incluídos. Teve o seu baptismo do fogo a 16 de Fevereiro de 1940, durante a campanha da Noruega, quando abordou o navio alemão «Altmark». De onde uma das suas equipas de abordagem logrou resgatar 299 prisioneiros feitos pelo couraçado de bolso «Admiral Graf Spee» e posteriormente transferidos para o já referido navio logístico tudesco. O «Cossack» esteve envolvido noutras importantes acções de guerra, nomeadamente na segunda batalha de Narvik (Abril de 1940) e na perseguição e destruição do «Bismarck» (Maio de 1941). O fim do navio : a 23 de Outubro de 1941, o «Cossack» escoltava um comboio de navios mercantes do Reino Unido para Gibraltar, quando foi interceptado -ainda em águas do Atlântico- pelo submarino da armada nazi «U-563» e alvejado com um só torpedo. Ferido de morte, o contratorpedeiro britânico ainda foi assistido por um rebocador amigo, que tentou conduzi-lo ao porto de destino; mas amarras cederam e, no dia 27 desse mês e ano, o 'destroyer' soçobrou irremediavelmente. De ferimentos recebidos aquando do ataque e no naufrágio do «Cossack», pereceram 159 membros da sua guarnição.

Sem comentários:

Publicar um comentário