segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

«MONUMENTAL CITY»


Foi o primeiro navio a atravessar o Pacífico, numa viagem que o conduziu -em 1853- de San Francisco (na Califórnia) até Sidney (na Austrália). O «Monumental City», de 768 toneladas, foi construído num estaleiro de Baltimore no ano de 1850. Era um navio misto (vela/vapor), que media 71,60 metros de comprimento por 11,60 metros de boca. Encontrava-se na Cidade da Porta Dourada em meados do século XIX, quando ali se propagou a notícia do achamento de ouro na longínqua ilha-continente. Um homem e negócios californiano, Peter Stroebed, viu nesse acontecimento uma oportunidade para fazer fortuna. Adquiriu o «Monumental City», carregou-o com gente que queria ir pesquisar ouro na Austrália e empreendeu uma viagem a vapor que durou dois meses e uma semana. Peter Stroebed decidiu ficar por aquelas paragens, e explorar as potencialidades comerciais do seu navio numa linha que criou entre Sidney e Melburne. Mas, a 15 de Maio de 1853, o «Monumental City» -com uma centena de viajantes a bordo- naufragou nas costas rochosas da ilha de Tullaberg. No desastre perdeu-se o navio (que se partiu em dois) e pereceu um número indeterminado de passageiros e tripulantes, encontrando-se, entre as vítimas, o próprio Stroebed. Houve 54 sobreviventes, que ficaram a dever a vida à coragem e abnegação da população local. Tendo corrido o boato de que a caixa-forte do navio continha 250 000 libras de ouro, foi organizada, em 1919, uma exploração minuciosa da carcaça do «Monumental City». Mas para grande decepção de muita gente, os mergulhadores encontraram o cofre aberto e… vazio.

Sem comentários:

Publicar um comentário