quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

«FOCA»


Submarino da Armada Portuguesa. Foi, depois do «Espadarte» (operacional entre 1913 e 1928), a segunda unidade do seu género a integrar os efectivos da nossa marinha de guerra. Pertencia à classe italiana ‘Laurenti-Fiat’. O «Foca» (que usou o F, como indicativo visual) foi construído nos estaleiros de La Spezia, no ano de 1917. Tal como os seus ‘sister ships’ -«Golfinho» e «Hidra», de mesma origem- o «Foca» foi utilizado até 1934, ano em que foi substituído pelos novos submarinos da classe ‘Delfim’, de construção britânica. O «Foca» deslocava 389 toneladas e media 45 metros de comprimento. Navegava a 14 nós de velocidade máxima à superfície e a 8 nós em imersão. Dispunha de uma autonomia de 3 500 milhas náuticas. O seu armamento era constituído por 2 tubos lança-torpedos (situados à proa) municiados com quatro engenhos. A sua guarnição era composta por 21 homens, oficiais incluídos. Os submersíveis desta classe formaram, com o «Espadarte», a 1ª Esquadrilha de Submarinos da Armada Portuguesa, que, durante a Grande Guerra, executou missões de patrulhamento da costa portuguesa e, muito especialmente, missões de defesa do porto e Lisboa.

Sem comentários:

Publicar um comentário