sexta-feira, 4 de março de 2011

«ORCADES»


Paquete de bandeira britânica, construído em 1937 pelos estaleiros da firma Vickers-Armstrong Ltd (de Barrow-in-Furness, G.B.) para a frota da casa armadora Orient Steam Navigation Company. Serviu na linha Inglaterra-Austrália até 1939, ano em que foi requisitado pela ‘Royal Navy’ e transformado em transporte de tropas armado. Tinha no «Orion» (também propriedade da popularmente chamada Orient Line) o seu navio gémeo. O «Orcades» (segundo do nome) deslocava 23 500 toneladas e media 201 metros de comprimento por 25 metros de boca. Com interiores luxuosos, decorados pelo reputado arquitecto neo-zelandês Brian O’Rourke, o «Orcades» foi concebido para poder transportar 1 068 passageiros, distribuídos por várias classes. A sua vida foi efémera, já que -no dia 10 de Outubro de 1942- o navio foi surpreendido por um submarino germânico (o «U-172»), que o torpedeou e afundou numa zona do Atlântico sul, situada a 500 km a sudoeste do cabo da Boa Esperança. Das 1 165 pessoas que então se encontravam a bordo do ex-paquete da Orient Steam, salvou-se a maioria delas, já que o número de vítimas do naufrágio não ultrapassou as 48. Um novo navio com o mesmo nome substituiu (em 1948) o «Orcades» na frota da companhia.

Sem comentários:

Publicar um comentário