terça-feira, 8 de março de 2011

«LAFAYETTE»


Navio couraçado da marinha federal. Era um antigo vapor de rodas laterais -chamado «Alick Scott»- que assegurava uma linha regular no Mississippi-Missouri, entre Saint Louis e várias outras cidades ribeirinhas desse grande complexo fluvial. Comprado pelo Departamento da Guerra em 18 de Maio de 1862 (já em pleno conflito armado entre as forças da União e as dos estados da Confederação Sulista), esta embarcação foi transformada pela adjunção de um revestimento blindado (que a protegia integralmente) e de inúmeras bocas de fogo, de entre as quais se destacavam, pela sua potência devastadora, 2 peças de 280 mm e 4 outras de 230 mm. O «Lafayette» (nome bélico atribuído ao ex-vapor de passageiros) foi transformado em Saint Louis e integrado na chamada Flotilha do Oeste. Esta unidade fluvial (cuja construção datava de 1848) deslocava 1 212 toneladas e media 85 metros de comprimento por 14 metros de boca. O seu sistema propulsor, constituído por 2 máquinas a vapor, imprimia-lhe uma velocidade de cruzeiro de 4 nós. Entre outros combates importantes da guerra de Secessão, o ‘ironclad’ «Lafayette» esteve presente na batalha de Vicksburg (Abril-Julho de 1863) e na campanha militar do Red River (1864). Depois de assinada a paz de Appomatox -em 9 de Abril de 1865- o navio (como tantos outros do seu tipo) tornou-se inútil e foi suprimido da lista de unidades da armada dos Estados Unidos. Em 1866 foi vendido a um particular, que o mandou desmantelar nesse mesmo ano. Curiosidade : o nome deste navio fluvial couraçado dos Unionistas prestava homenagem ao cognominado «Herói dos Dois Mundos», o aristocrata francês La Fayette, que foi, simultaneamente, uma das glórias da guerra de Independência dos Estados Unidos da América e da Revolução Francesa de 1789.

Sem comentários:

Publicar um comentário