domingo, 11 de abril de 2010

«VALMY»


O «Valmy» (que usou, durante alguns meses, o nome de «Formidable») foi o primeiro grande navio encomendado para a marinha francesa depois das chamadas guerras da Revolução e do Império. Foi construído no arsenal de Brest, que o lançou à água em 1847. Era um impressionante navio de linha com 120 bocas de fogo distribuídas por três níveis, que deslocava (em plena carga) 5 230 toneladas e dispunha de uma guarnição de 1 100 marinheiros e soldados. Media 64 m de comprimento por 18 m de boca. Os seus três mastros (o mais alto culminava a 60 m) envergavam uma vintena de velas. Apesar da sua imponência (ou talvez por isso) o «Valmy» revelou-se lento e pouco manobrável. Um autêntico fracasso, na opinião dos conhecedores. Foi o navio-almirante da esquadra francesa, aquando da guerra da Crimeia (1853-1854), que colocou frente a frente a Rússia imperial, por um lado, e uma coligação anglo-franco-turca, por outro lado. Foi desarmado em 1855 e utilizado como escola flutuante pelos cadetes da Academia Naval, com o nome de «Borda». O navio ainda foi rebaptizado uma quarta vez (com o designativo de «Intrépide»), antes de ser riscado da lista dos efectivos da armada francesa (em 1891) e de ser desmantelado.

Sem comentários:

Publicar um comentário