terça-feira, 13 de abril de 2010

«SAINT-ROCH»


Navio de propulsão mista (vela/diesel) utilizado, primeiramente, como abastecedor, guarda-costas, unidade de fiscalização aduaneira e de protecção das fronteiras pela Real Polícia Montada do Canadá e, depois, como navio de estudos polares pelo famoso explorador Henry A. Larsen. Deslocando 328 toneladas e medindo apenas 31,78 m de comprimento fora a fora por 7,54 m de boca, o «Saint-Roch» foi construído, em madeira, pela firma Burrard Dry Dock Ltd (de North Vancouver) em 1928, por encomenda daquele corpo de polícia. Foi o segundo navio a atravessar a Passagem do Noroeste e o primeiro a percorrê-la numa viagem de ida e volta; daí a sua merecida celebridade. Essas expedições ocorreram entre 1942 e 1944, durante os anos difíceis da Segunda Guerra Mundial. Em 1950, o «Saint-Roch» franqueou o canal de Panamá, tornando-se, assim, o primeiro navio a efectuar uma circum-navegação da América do norte. Foi preservado e encontra-se, desde 1962, no porto de Vancouver (Columbia Britânica), onde goza do estatuto de navio-museu e recebe, anualmente, milhares de visitantes.

Sem comentários:

Publicar um comentário