sexta-feira, 9 de outubro de 2009

«AMISTAD»


Escuna de 23 m de comprimento, construída nos Estados Unidos com o nome inicial de «Friendship». Adquirida (em segunda mão) por um cidadão espanhol, recebeu o nome de «Amistad» (amizade), com o qual o navio se celebrizou, depois do seu proprietário ter sido implicado -em 1839- num famoso processo judicial por tráfico de escravos. O processo ficou na história, pelo facto dos escravos se terem revoltado e morto vários europeus da equipagem do veleiro; e também por terem sido defendidos (com sucesso) pelo advogado John Q. Adams, antigo presidente dos Estados Unidos da América. Este caso estava praticamente esquecido, quando, em 1997, Steven Spielberg pegou no tema para produzir e realizar a comovedora película «Amistad». Uma réplica do navio foi construída pelos estaleiros Thompson Enterprise, de Key West, sob a responsabilidade do arquitecto naval H. Elroy Arch. O seu porto de abrigo é o de New Haven, no estado norte-americano do Connecticut.

Sem comentários:

Publicar um comentário