domingo, 17 de setembro de 2017

«CHAMPLAIN»

Paquete francês pertencente à frota da prestigiosa armadora C.G.T. - Compagnie Générale Transatlantique, com base operacional no porto do Havre. Foi construído nos Ateliers et Chantiers de Saint Nazaire, que o lançaram à água em 15 de Junho de 1931. A sua viagem inaugural processou-se um ano mais tarde entre o Havre e Nova Iorque; linha regular que assegurou -com outros navios da mesma empresa de navegação (a famosa e respeitada French Lines) até Junho de 1940. Este paquete apresentava uma arqueação bruta de 28 124 toneladas e media 195,38 metros de comprimento por 25 metros de boca. As suas máquinas (2 grupos de turbinas a engrenagem de redução simples) desenvolviam uma potência de 25 500 ch, o que permitia ao navio avançar à velocidade de cruzeiro de 20 nós. O «Champlain», que recebeu o nome de um dos 'pais' do Canadá francês, era um paquete de classe única, que granjeou sucesso junto de uma clientela menos afortunada do que os passageiros de 1ª classe de outros 'liners' a operar na mesma carreira Europa-América do norte. Mas que beneficiavam, no entanto, de serviços de grande qualidade. Qualidade estendida, naturalmente, aos usuários de cruzeiros que, de tempos a tempos, ocupavam este navio. O «Champlain» podia receber a bordo 1 050 passageiros em cabines confortáveis. Apesar do estado de guerra, já estabelecido em 1940, entre a França e a Alemanha, este navio continuou as suas travessias transatlânticas, até que -em finais da primeira quinzena desse ano e à sua chegada a La Pallice- chocou com uma mina magnética largada pela aviação nazi. No choque com esse engenho explosivo, perderam a vida 11 membros da equipagem do paquete. Dias mais tarde -a 17 de Junho de 1940- um submarino germânico aproximou-se do navio ferido e disparou contra ele vários torpedos que o afundaram. Todos os passageiros, que já haviam sido postos a salvo, sobreviveram. Curiosidade : um mês antes do fim inglório do «Champlain», o grande escritor Vladimir Nabokov (o inesquecível autor de «Lolita») e a sua família viajaram para Nova Iorque neste navio.

Sem comentários:

Publicar um comentário