sexta-feira, 18 de agosto de 2017

«SHAMROCK III»


O navio «Shamrock III» foi um arrastão de pesca de bandeira francesa, usado durante cerca de 30 anos pelos Établissements Ledun, de Fécamp, na pesca longínqua. Captuou bacalhau, em regime de quase exclusividade, nas águas da Terra Nova e de Saint Pierre e Miquelon; onde foi um dos derradeiros navios do seu tipo a operar. Pescado que era salgado a bordo, pelo facto do «Shamrock III» ainda não estar equipado com instalações de congelação. Este bacalhoeiro foi construído, em 1956, no estaleiro Beliard & Crighton, de Ostende (Bélgica). Apresentava 948 toneladas de arqueação bruta e media 70,85 metros de comprimento (fora a fora) por 10,85 metros de boca. A sua única máquina propulsiva desenvolvia uma potência de 1 103 kw. Foi matriculado na Normandia, no já mencionado porto de Fécamp com os registos sucessivos de F.1146 e de FC.249578. Foi desmantelado por uma empresa de Bruges (Bélgica) no ano de 1982, para cujo estaleiro este arrastão ainda se deslocou pelos seus próprios meios. A sua celebridade (reconhecida, sobretudo, nos meios piscatórios de França) adveio-lhe por vários motivos : pela sua longevidade (como já foi referido), por ter sido escolhido para ilustrar um selo postal de Saint Pierre e Miquelon (ver topo), por ter participado no filme «Le Crabe-Tambour», realizado por Pierre Schoendoerffer e por ter sido citado no livro «Le Grand Métier», da autoria de Jean Récher, que foi seu piloto durante várias campanhas de pesca longínqua.

Sem comentários:

Publicar um comentário