sexta-feira, 5 de maio de 2017

«ISOBEL MOORE»

Lugre bacalhoeiro de 3 mastros. De bandeira canadiana. Foi construído (assim como o seu gémeo, o «Olive Moore») em 1920 no estaleiro Nova Scotia Shipbuilding & Transportation Cº, de Liverpool (porto do Canadá, obviamente) para a firma pesqueira e de fretes J. & F. Moore, sedeada em St. John's, Terra Nova. Este veleiro ganhou alguma notoriedade (pelas piores razões), quando -a 8 de Novembro de 1930- foi encontrado, em pleno Atlântico Norte, abandonado pela sua tripulação. Estava a ser utilizado no negócio internacional de peixe e navegava, então, sob as cores da firma AE Hickman Cº, que era, parcialmente, proprietária do navio. A informação sobre este bonito veleiro e sobre o seu destino é escassa e as raras fontes que podem ser consultadas nada revelam sobre as suas características físicas (tonelagem, dimensões, etc.) e sobre o incidente acima mencionado. O que, naturalmente, é frustrante...

Sem comentários:

Publicar um comentário