sábado, 21 de junho de 2014

«NANTUCKET»

Este vapor de rodas laterais -que operou, essencialmente, no rio Delaware e nas águas costeiras do Massachusetts- esteve activo na transição do século XIX para o século XX, ligando New Bedford (a capital baleeira) às ilhas adjacentes de Martha's Vineyard e de Nantucket. Foi construído com madeiras de carvalho e de cedro, em 1886, num estaleiro de Wilmington (Pusey & Jones), para a frota da companhia Nantucket Steamboat; que nesse mesmo ano recebera o alvará para poder explorar comercialmente essa linha regular de transporte com as ilhas. Dotado com uma única máquina a vapor, este navio apresentava 629 toneladas de arqueação bruta e as suas dimensões eram (aproximativamente) as seguintes : 53 metros de longitude por 8,80 metros de boca por 2,70 metros de calado. O seu casco foi provido com compartimentos e anteparas estanques, de modo a reforçar a segurança dos seus passageiros. O seu historial resta obscuro, desconhecendo-se muitos detalhes sobre a sua vida activa. Sabe-se, porém, que foi retirado do serviço das ilhas em 1910 e vendido a um novo armador, que lhe atribuiu o nome de «Point Comfort». E também se sabe que, no dia 18 de Setembro de 1919, quando viajava de Nova Iorque para Catskill com um carregamento de açúcar e de maçãs o ex-«Nantucket» se perdeu no nevoeiro e foi embater contra uns rochedos do sul da ilha Esopus, no rio Hudson. Dado como perdido, o navio acabou por naufragar, repousando a 40 metros de profundidade. Curiosidade : certas fontes pretendem (presumimos que com alguma razão) que esta embarcação foi realizada pelos estaleiros Hilman, de Camden (Nova Jérsia), e acabado, isso sim, nos acima mencionados estaleiros Pusey & Jones, de Wilmington (no estado de Delaware).

Sem comentários:

Publicar um comentário