quinta-feira, 25 de abril de 2013

«SPRAY»

///////////////// O «Spray» (nome que significa 'espuma' em inglês) foi o veleiro do famoso navegador Joshua Slocum; que com ele realizou uma viagem de circunavegação do globo (a primeira de um navegador solitário), que durou 3 longos e palpitantes anos. Esse périplo, iniciado, em 1895, em Gloucester (perto de Boston), serviu de tema a um 'best-seller' da literatura marítima, publicado em 1900 e intitulado «Sailing Alone Around the World». No qual Slocum (que fora oficial da marinha mercante e capitão de navios) demonstrou ser, apesar do seu ar austero, um homem com humor e com dotes extraordinários de escritor. A famosa viagem do «Spray» (assaz curiosa) começou com uma travessia do Atlântico (com escala nos Açores) e prosseguiu até Gibraltar (às portas do mar Mediterrâneo), regresso à América do sul, franqueamento do estreito de Magalhães, navegação do Pacífico até à Autrália (via arquipélago das Samoa) e travessia do Índico com visita do cabo da Boa Esperança (na África do Sul). Na sua derradeira fase compreendeu nova travessia do oceano Atlântico até às Antilhas e, finalmente, o regresso ao ponto de partida. O «Spray» era um pequeno veleiro (oferecido por um amigo), que revelou ter qualidades náuticas excepcionais. Construído num anónimo estaleiro do estado de Massachusetts, foi utilizado, primitivamente, por profissionais da ostreicultura. As suas principais características eram as seguintes : casco de madeira; 2 mastros envergando 94 m2 de velas; 11,20 metros de comprimento por 4,32 metros de boca; 1,35 metro de calado. Desconhece-se qual foi o fim deste veleiro, que inspirou numerosas réplicas.

Sem comentários:

Enviar um comentário