sexta-feira, 11 de novembro de 2016

«AUDACIEUSE»

Fragata francesa de propulsão mista(vela/vapor), lançada à água a 26 de Abril de 1856 pelo arsenal de Brest. O seu desenho (como o dos demais navios da classe 'Impératrice Eugénie', à qual pertenceu) foi trabalho do afamado engenheiro naval Henri Dupuy de Lôme. Esta fragata da armada de Napoleão III deslocava 3 765 toneladas e media 73,80 metros de comprimento por 14,78 metros de boca por 6,90 metros de calado. Dispunha de 3 mastros e respectivo aparelho e de 1 máquina (com veio acoplado a 1 hélice) com 2 150 ihp de potência; força que lhe permitia alcançar uma velocidade de cruzeiro de 12 nós. A «Audacieuse» estava armada com uma vintena de peças de artilharia de distintos calibres, de entre as quais se destacavam 2 canhões de 160 mm. Tal como as suas três congéneres da acima referida classe («Impératrice Eugénie», «Souveraine» e «Foudre»), a «Audacieuse» foi subaproveitada, resumindo-se a sua vida operacional a pouco mais do que uma viagem ao Oriente, onde conduziu o barão Gros, nomeado embaixador extraordinário de França na corte imperial da China; cruzeiro que durou cerca de dois anos. Depois do seu regresso à Europa, entrou no arsenal de Cherburgo para sofrer trabalhos de modernização, que se prolongaram até Novembro de 1862; e, dois anos mais tarde foi, surpreendentemente, desarmada a título definitivo. Foi desmantelada no porto militar de Cherburgo em 1872, logo depois da derrota de Napoleão III, na chamada guerra Franco-Prussiana.

Sem comentários:

Publicar um comentário