terça-feira, 26 de janeiro de 2016

«TORRALTA»

Esta embarcação -do tipo 'hovercraft'- fez parte de uma flotilha, que compreendeu outras 3 unidades; que se chamaram «Soltróia», «Troiamar» e «Troiano» e que se destinaram a assegurar o transporte rápido de passageiros entre Setúbal e Sesimbra e a península de Tróia , conhecida e apreciada zona balnear do concelho de Grândola. A vedeta «Torralta», assim como as suas irmãs gémeas, foram concebidas e construídas em Inglaterra pela empresa Hovermarine, Ltd., sedeada em Woolston, Southampton. O comanditário e armador das ditas embarcações foi a Sociedade Turística Ponta do Adoxe, empresa subsidiária do grupo Torralta - Club Internacional de Férias, SARL. A «Torralta» foi inauguradA a 7 de Julho de 1971 pelo almirante Américo Thomaz, então presidente da República Portuguesa. Era uma embarcação da série HM-2 Sidewall, equipada com 2 motores 'Cummins' diesel V8, que desenvolviam uma potência unitária de 320 bhp. Força que lhe permitia navegar à velocidade máxima de 35 nós. O casco desta embarcação era em GRP (fibra de vidro) e as suas dimensões eram as seguintes : 15,54 metros de comprimento por 6,10 metros de boca. Era tripulada por 3/4 homens e podia transportar (confortavelmente) 60 passageiros. Esta embarcação navegou durante os anos 70 do passado século, nas carreiras referidas (estuário do rio Sado e um curto trecho da costa atlântica), e viu a sua acção extinguir-se (ao que nos foi possível apurar) nos anos quentes pós-revolucionários.

Sem comentários:

Enviar um comentário