terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

«PÁTRIA»


Irmão gémeo do paquete «Império» (com o qual partilhava, naturalmente, as mesmas características técnicas), este navio foi também ele construído nos estaleiros navais de John Brown, em Clydebank (Glásgua-Escócia). A sua entrega à Companhia Colonial de Navegação -a cuja frota pertenceu- foi efectuada em Dezembro de 1947. Não obstante ter sido destinado à carreira da África Oriental, na qual operou até 1973, o «Pátria» fez várias viagens às Américas, nomeadamente ao Brasil. Custou, segundo o seu armador, 138 000 contos. A sua viagem inaugural, efectuada entre Lisboa e a cidade da Beira, foi algo acidentada, já que o navio sofreu uma avaria nos geradores, que o imobilizou 1 mês na Cidade do Cabo. Em Abril de 1962, o paquete «Pátria» foi fretado pelo ministério do exército para ir a Carachi (no Paquistão) buscar os soldados portugueses capturados pelas forças armadas da União Indiana, aquando do conflito que resultou na perda de soberania lusa sobre os territórios de Goa, Damão e Diu. Terminou a sua derradeira viagem na Formosa (hoje Taiwan) em 1 de Agosto de 1973. Foi desmantelado ali pela companhia Chi Shun Hwa, de Kaohsiung, nesse mesmo ano.

Sem comentários:

Publicar um comentário