quarta-feira, 10 de agosto de 2016

«WESTERN METROPOLIS»


O «Western Metropolis» foi construído, em 1864, nos estaleiros da firma F. D. Tucker, de Brooklyn (Nova Iorque), para a companhia de navegação Ruger's American Line. Era um navio de passageiros com propulsão mista (velas/vapor), equipado com 2 mastros e com rodas de pás laterais. Apresentava 2 870 toneladas de arqueação bruta e media 87 metros de longitude por 12,20 metros de boca. Em 1865, com poucos meses de vida civil activa, este navio foi requisitado pelo governo federal para participar (enquanto transporte de tropas) no esforço de guerra contra a dissidente confederação sulista. Terminado o conflito, foi devolvido ao seu legítimo proprietário, que, em 1866, o vendeu à Lloyd norte-americana; que o integrou numa frota que ligava Nova Iorque à Europa (Southampton e Bremen, muito especialmente) e que se especializara no transporte de emigrantes para o Novo Mundo. Parece que a rudeza da navegação no Atlântico norte (que lhe provocaram avarias em cada uma das suas travessias) teve grande importância no seu envelhecimento precoce; facto que conduziu à sua reforma antecipada. Foi descrito por George H. Norton, um capitão da marinha mercante seu contemporâneo, como «muito lento, desajeitado e de difícil governação». Sabe-se que em meados dos anos 70 (do século XIX, obviamente) já não navegava e que as suas máquinas lhe haviam sido removidas para equipar dois navios dos Grandes Lagos. Nota : a tela que aqui mostra o navio «Western Metropolis» foi pintada pelo artista James Edward Buttersworth.

Sem comentários:

Enviar um comentário